Envie um Whatsapp para (17) 9 9146-1112

​​​​​​​​​​​”Todos nós somos meros inquilinos do poder. O verdadeiro dono do poder é o cidadão. À medida que fortalecemos as relações de escuta, convívio e soluções de conflitos, no âmbito da própria comunidade, fortalecemos igualmente a cidadania e a sociedade.”

A declaração é do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, ao destacar que o poder conferido aos homens públicos não é um privilégio pessoal, mas a soma de prerrogativas constitucionais e legislativas para auxiliar o Estado na promoção da cidadania e do bem-estar social.​​​​​​

rn

rn rn
A partir de agora, as sugestões, reclamações e dúvidas dos cidadãos poderão ser apresentadas diretamente ao presidente do tribunal. | Foto: José Alberto / STJ

Pensando nesses princípios, pela primeira vez, a presidê​ncia do STJ passará a receber cidadãos interessados em fazer sugestões, críticas e até mesmo denúncias diretamente ao ministro presidente​​.

rn

Batizada de​ ​​Fale com o Presidente – de mãos dadas: magistratura e cidadania, a iniciativa colocará o ministro Humberto Martins em contato direto com a sociedade brasileira, em horários definidos e previamente agendados. Cada um terá dez minutos para conversar com o presidente do tribunal. rn

Como ​​funciona

Ao todo, 18 pessoas serão agendadas em cada data. O programa rn Fale com o Presidente – de mãos dadas: magistratura e cidadania já tem três datas marcadas até o fim do ano: encontros nos dias 26 de outubro, 30 de novembro e 14 de dezembro, sempre das 8h30 às 11h30.

Os atendimentos serão agendados pela Ouvidoria do STJ, mediante solicitação feita pelo e-mail rn falecomopresidente@stj.jus.br com até 72 horas de antecedência. Haverá confirmação em até 48 horas antes da audiência, por e-mail ou pelo telefone indicado pelo cidadão.

Magistrados, membros do Ministério Público, da advocacia e da Defensoria Pública, bem como pessoas públicas em geral, não estão incluídas na iniciativa, pois o recebimento dessas pessoas já faz parte da agenda institucional e de rotina do ministro Humberto Martins.

A iniciativa é uma das muitas planejadas para colocar em prática o conceito de gestão participativa no tribunal. As audiências públicas observarão todas as medidas de segurança definidas pela Secretaria de Serviços Integrados de Saúde (SIS) do STJ para a prevenção da Covid-19.

Disque Cidada​​nia

Segundo o ministro Humberto Martins, a iniciativa é mais uma ação em sua vida pública voltada para a cidadania. Antes, o ministro implementou, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no período em que atuou como corregedor-nacional de Justiça, no biênio 2018-2020, o Disque Cidadania.

O serviço telefônico foi disponibilizado para que o cidadão pudesse fazer denúncias, reclamações, sugestões e, assim, ficar mais próximo da Justiça brasileira. “É a partir de uma atuação transparente e sempre voltada para o cidadão que faremos com que o Judiciário que hoje temos siga evoluindo para se tornar cada vez mais o Judiciário com que todos sonhamos e que a nossa população merece”, comentou o ministro.

O presidente do STJ lembrou ainda que em, 2013, quando ocupou o cargo de ouvidor do STJ, também criou o serviço de telefone 24 horas, para que, mesmo fora do horário de funcionamento do tribunal, o usuário pudesse registrar eletronicamente a sua manifestação.

Agora, com o rn Fale com o Presidente – de mãos dadas: magistratura e cidadania, sugestões, reclamações e dúvidas em geral podem ser registradas pessoalmente com o ministro.

Leia o rn rn comunicado da Presidência do STJ.